Espaço Cultural Marcantonio Vilaça

Conteúdo

ordenamentos - card ultimos dias - v2.jpg

ordenamentos-banner-ecmv-visitacao.jpg

 

Espaço Cultural Marcantonio Vilaça apresenta a exposição “Ordenamentos” de Bruno Moreschi

A exposição, que inaugura a nova galeria do Espaço Cultural do TCU, estará aberta a visitação de 30 de junho a 19 de agosto de 2017. A entrada é franca.

A exposição “Ordenamentos” marca a inauguração da nova galeria do Espaço Cultural Marcantonio Vilaça, que passa a integrar o complexo arquitetônico do Instituto Serzedello Corrêa (ISC), escola superior do Tribunal de Contas da União (TCU).

Sob curadoria de Caroline Carrion, “Ordenamentos” reúne a produção de Bruno Moreschi entre 2012 e 2017 a partir dos conceitos de ordenamento e de sistematização como gatilhos para o processo criativo.

Artista brasileiro de crescente reconhecimento, Moreschi cria em suas obras interferências e disrupções para, de forma crítica, abordar mecanismos de funcionamento do universo artístico.

É o que ocorre, por exemplo, em "O museu está fechado para obras" (2014), uma realização conjunta de Moreschi com pintores da praça da República e do Parque Trianon-Masp (São Paulo), que se apropria da pintura "Independência ou Morte", de Pedro Américo, obra integrante do acervo do Museu Paulista (SP). Os artistas criaram, a partir de imagens encontradas na internet, uma versão da tela original. "As experiências propostas por esse trabalho fazem menção ao fato de o Museu estar fechado por vinte anos, período em que ninguém poderá ver a pintura pessoalmente", conta Moreschi.

Em "Contrate um profissional" (2014-17), o artista propõe uma discussão sobre a suposta neutralidade fotográfica ou a fotografia como registro da “verdade”. Desde 2014, Moreschi tem convidado profissionais habituados a fotografar obras de arte para registrar uma mesma "escultura" de sua autoria: uma pedra de pequeno porte encontrada na rua e que nunca será, de fato, exibida ao público.

Múltiplas visões sobre um mesmo objeto também podem ser notadas na instalação "Procura-se" (2012-13), que traz quinze retratos falados do rosto do artista, descrito por uma mesma pessoa aos últimos retratistas policiais que realizam a prática manual no Brasil. Além dos retratos originais, a peça inclui xerocópias disponíveis para o público, que pode se apropriar do material livremente.

O conceito de ordenamento também se faz presente na expografia da mostra, que envolve 4 peças de mobiliário especialmente produzidas para a ocasião. Cada uma das vitrines – intituladas “Formação”; “Pesquisa e produção”; “Burocracia”; e “Reza diária do cotidiano” – apresenta materiais de pesquisa e de processo, bem como referências bibliográficas marcantes para o artista e para a curadora.

A mostra também é composta pela exposição ficcional intitulada At your own risk, que parte de obras presentes na enciclopédia “ArtBook”, também de autoria de Moreschi.

NOVA EXPOSIÇÃO NO MUSEU DO TCU – ao visitar a exposição “Ordenamentos” no Espaço Cultural do TCU, é possível também conhecer a exposição “TCU – a Evolução do Controle”, no Museu Ministro Guido Mondin. A mostra narra a evolução do Tribunal desde sua instalação em 1893, até os dias atuais e explora o desenvolvimento de suas ações e as mudanças de funcionamento em uma rica jornada pelo aprimoramento do controle externo ao longo de mais de um século.

PROGRAMA EDUCATIVO – As exposições “Ordenamentos, de Bruno Moreschi”, e “TCU: A Evolução do Controle” estão inseridas no Programa Educativo do TCU, um importante instrumento de mediação para atendimento ao público. Trata-se de um projeto permanente que promove visitas orientadas diárias e programadas ao Museu do TCU e ao Espaço Cultural Marcantonio Vilaça. Agendamentos podem ser feitos pelo telefone 3316 5221.

 

SERVIÇO

Exposição Ordenamentos, de Bruno Moreschi

Local: Espaço Cultural Marcantonio Vilaça (complexo arquitetônico do Instituto Serzedello Corrêa)

Abertura: 29 de junho de 2017, às 19 horas

Endereço: Setor de Clubes Esportivos Sul Trecho 3 Polo 8 Lote 3 - Brasília, DF

Visitação: de terça-feira a sábado das 9h às 19h, de 30 de junho a 19 de agosto de 2017

Entrada franca

 

Exposição TCU: A evolução do Controle

 

O Serviço de Gestão Cultural – SGCult comunica que passa a integrar a estrutura do Instituto Serzedello Corrêa – ISC.

Contando com instalações planejadas e modernas, esta unidade cultural abriga o Museu do TCU Guido Mondin, o Espaço Cultural Marcantonio Vilaça, o Programa Educativo e a Biblioteca de Arte, além de salas de armazenamento e oficinas de restauração de peças históricas.

Os projetos expositivos estão a pleno vapor. Já em junho os servidores e demais cidadãos brasilienses poderão apreciar a primeira exposição na nova galeria do Espaço Cultural.

Tais exposições continuarão sendo oportunamente divulgadas em detalhe no Portal do TCU, no União e nas páginas de mídia social do SGCult.

 

SGCult.jpg

 

Serviço de Gestão Cultural

Instituto Serzedello Corrêa

Setor de Clubes Esportivos Sul – SCES

Trecho 3 Lote 3, Centro Cultural

Brasília – DF, CEP 70.200-003

Telefone: (61) 3316-5381