Imprensa

06/04/18 18:39

TCU se ilumina de verde para prevenir doenças e acidentes de trabalho

O objetivo é divulgar a campanha Abril Verde de conscientização sobre doenças e acidentes de trabalho e, principalmente, incentivar a cultura de prevenção. A Corte de Contas se une a essa campanha do TST e do Ministério Público do Trabalho
abril verde.jpg
Abril Verde pela prevenção a doenças e acidentes de trabalho
Créditos: Secom/TCU

A sede do Tribunal de Contas da União (TCU), em Brasília (DF), está com iluminação diferente este mês. Trata-se da campanha Abril Verde, movimento dedicado a reforçar a importância da saúde no trabalho. “Por um Brasil sem doenças e acidentes do trabalho”, é o tema da campanha de 2018, que é promovida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e Tribunal Superior Trabalho (TST) e tem apoio de diversas instituições públicas e privadas. 

O TCU adere à campanha com o objetivo de estimular a adoção de atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro do ambiente de trabalho. 

A promoção da saúde e do bem-estar dos trabalhadores é uma preocupação do Tribunal, que possui unidade específica para cuidar de seus servidores e colaboradores. Entre as ações oferecidas pela instituição está a ginástica laboral, atividade física realizada no ambiente de trabalho, durante o horário de expediente, em sessões que duram em média 15 minutos. 

O Movimento Abril Verde – O mês da campanha foi escolhido por conter duas datas importantes para o tema: o dia 7 de abril, Dia Mundial da Saúde, e 28 de abril, Dia Internacional em Memória às Vítimas de Acidentes do Trabalho. Dados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, Smartlab de Trabalho Decente MPT-OIT demonstram que somente no 1º trimestre deste ano os gastos estimados com benefícios acidentários no País já ultrapassam R$ 1 bilhão. Nesse período, foram emitidas mais de 150 mil Comunicações de Acidentes de Trabalho, entre as quais estão notificadas 585 mortes.

Acompanhe o TCU pelo Twitter e pelo Facebook. Para reclamações sobre uso irregular de recursos públicos federais, entre em contato com a Ouvidoria do TCU, clique aqui ou ligue para 0800-6441500