Referencial do Processo de Planejamento de TI

referencial do processo de planejamento de ti.png

Cartilhas, manuais e tutoriais

Autor:
Tribunal de Contas da União
Data:
01/01/15
Áreas temáticas:
Governança de TI Serviços Essenciais ao Estado Tecnologia da Informação Contratação de TI
Palavras-chave:
Tecnologia da informação Governança Planejamento

A atividade do Tribunal de Contas da União, conforme expresso no referencial estratégico institucional, tem como insumo e produto informação e conhecimento, elementos altamente dependentes de tecnologia e do domínio da informação. O Plano Estratégico 2015 – 2021 estabelece, entre outros, dois objetivos com foco específico em tecnologia da informação como essencial ao cumprimento dos propósitos do TCU: “Aprimorar o uso da TI como instrumento de inovação para o controle” e “Desenvolver capacidade organizacional ampla para trabalhar com recursos tecnológicos”. Ainda, vários dos artefatos que constituem o referencial estratégico evidenciam o papel determinante da tecnologia da informação como instrumento de transformação institucional e para conferir maior celeridade e capacidade de resposta.

A migração progressiva e acelerada das informações do meio físico para o ambiente digital exige o desenvolvimento de novos referenciais, capacidades, arquitetura de informação e protocolos de comunicação para subsidiar o funcionamento institucional e o diálogo com os cidadãos. Adicionalmente, a evolução da tecnologia vem provocando sensíveis alterações no cotidiano das pessoas, bem como no funcionamento do Estado e nas formas deste se relacionar com a sociedade e com os órgãos integrantes de sua própria estrutura organizacional. A convivência de organizações, pessoas e coisas no espaço virtual, interagindo diretamente ou por meio de processos autônomos, enseja novas maneiras de atender demandas e prestar serviços proativamente. Os processos de trabalho precisam ser reinventados e aprimorados com foco na articulação de conhecimentos de negócio, em análise de dados, mineração de textos, no diálogo eletrônico e no uso de plataformas de comunicação capazes de conferir às pessoas maior capacidade e autonomia de ação.

Nada indica mudança de tendência desse cenário. Ao contrário, fortalece-se a certeza de inserção crescente da tecnologia no funcionamento e na transformação dos processos de negócio e do modelo de atuação. Nesse contexto, como os recursos são finitos, mister se faz a adoção de referenciais que favoreçam escolhas estratégicas e de maior capacidade de gerar valor para a organização.

O presente documento foi elaborado e estruturado com o propósito de registrar e compartilhar o modelo adotado para o planejamento e a definição de prioridades inerentes à tecnologia da informação no âmbito do Tribunal de Contas da União para os exercícios de 2015 e 2016.

AROLDO CEDRAZ DE OLIVEIRA
Presidente do TCU