Prezado usuário, este portal não é compatível com o navegador Internet Explorer ou outros navegadores antigos.

Recomenda-se o uso de versões atualizadas dos navegadores Google Chrome, Microsoft Edge ou Mozilla Firefox.

VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES: Da violência psicológica à violência institucional

tcc_souto_sarah.png

Trabalhos acadêmicos

Autor:
SARAH EUGÊNIA DE SOUTO
Data:
31/07/20
Áreas temáticas:
Institucional Institucional
Palavras-chave:
Violência doméstica Coletânea acadêmica Assédio moral
Unidades técnicas:
ISC

A violência contra as mulheres é naturalizada em nossa cultura e legitimada pela sociedade. Neste trabalho, são analisados dois tipos específicos de violência, a psicológica e a institucional, a partir do levantamento dos 33 casos de feminicídio ocorridos no Distrito Federal no ano de 2019. Para tanto, foi realizada a sistematização desses casos utilizando os seguintes parâmetros: nome e idade da vítima; data do feminicídio; dia da semana; horário; região do DF; local do crime; meio empregado; autor e idade; vínculo autor/vítima; situação do feminicida; se a vítima denunciou o agressor; se houve violência psicológica dentro de uma espiral da violência; e a modalidade do feminicídio, classificada de acordo com as Diretrizes Nacionais – Feminicídio - investigar, processar e julgar com perspectiva de gênero as mortes violentas de mulheres (BRASIL, 2016). Finalmente, são apresentados dados contrastantes fornecidos pela PCDF e pela SSP/DF, demonstrando os desafios no acesso a informações precisas, o que gera consequências negativas para o monitoramento e a avaliação de políticas públicas na área de violência contra as mulheres.