Prezado usuário, este portal não é compatível com o navegador Internet Explorer ou outros navegadores antigos.

Recomenda-se o uso de versões atualizadas dos navegadores Google Chrome, Microsoft Edge ou Mozilla Firefox.

Imprensa

Disponível ferramenta para autoavaliação de relatórios de gestão

O Tribunal disponibiliza instrumento de autoavaliação de relatórios de gestão na forma de relatório integrado. A ferramenta permite que as unidades prestadoras de contas avaliem e promovam a melhoria contínua do seu processo de elaboração de relatórios de gestão. Pode ser usada tanto por quem elabora o relatório, quanto pelas unidades de auditoria interna.
Por Secom TCU
06/04/2021

foto 240x180_semec_VV.jpgO TCU disponibiliza ferramenta para autoavaliação dos relatórios de gestão elaborados a partir do exercício de 2020, na forma de relatório integrado,  seguindo os princípios estabelecidos no art. 4º da IN TCU 84/2020 e as orientações para os elementos de conteúdo estabelecidos no Anexo II da DN TCU 187/2020.

ferramenta de autoavaliação permite que as próprias Unidades Prestadoras de Contas (UPC) avaliem e promovam a melhoria contínua do seu processo de elaboração de relatórios de gestão. Pode ser usada tanto pelos elaboradores do relatório, antes da sua publicação, com vistas à realização de melhorias necessárias, quanto pelas unidades de auditoria interna, após a publicação, com vistas a auxiliar a organização a melhorar esse importante processo de governança, para garantir accountability (prestação de contas e responsabilização) e promover a transparência.

Desenvolvida com base na Instrução Normativa TCU 84/2020, no Anexo II da Decisão Normativa-TCU 187/2020, na publicação Relatório de Gestão – Guia para elaboração na forma de Relato Integrado – 2020 e na Estrutura Internacional de Relato Integrado (IIRC, 2014), a ferramenta facilita a verificação da presença e adequação de cada item dos elementos de conteúdo que devem compor os relatórios de gestão, a avaliação da sua materialidade e aplicabilidade ou não à UPC.

Uma vez pontuada a avaliação de cada item, seguindo as orientações constantes da própria ferramenta, a planilha realiza o cálculo do nível de aderência aos princípios e à estrutura (elementos de conteúdo) que devem ser observados na elaboração do relatório de gestão na forma de relatório integrado, apresentando os resultados em tabelas e gráficos que se atualizam de forma automática, para cada capítulo ou seção do relatório de gestão e para cada princípio, bem como o percentual de aderência global à estrutura e aos princípios.

Os resultados da autoavaliação vão permitir que a organização perceba com bastante precisão onde precisa evoluir na apresentação e divulgação de informações, de modo a garantir a transparência, a credibilidade e utilidade das prestações de contas para atender às necessidades de informação dos cidadãos e seus representantes, dos usuários de serviços públicos e dos provedores de recursos.

Para obter orientações sobre os Relatórios de Gestão na forma de Relatório Integrado, acesse a página de prestação de contas. Dúvidas sobre a aplicação da ferramenta poderão ser esclarecidas por meio de contas@tcu.gov.br.

Serviço

Secom

Atendimento ao cidadão - e-mail: ouvidoria@tcu.gov.br

Atendimento à imprensa - e-mail: imprensa@tcu.gov.br

 

Acompanhe o TCU pelo Twitter e pelo Facebook. Para reclamações sobre uso irregular de recursos públicos federais, entre em contato com a Ouvidoria do TCU, clique aqui ou ligue para 0800-6441500