InovaTCU

  »Eventos

Modelagem geográfica de corredores para otimização do estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental de segmentos ferroviários


Data de início: 11/05/2015

Data de fim: 16/06/2015

Local: Brasília

Endereço: Anexo III, sala 50


Carga horária:  40 horas

Nº de vagas:  10

Público: O público alvo serão os servidores do TCU, auditores que estão de alguma forma envolvidos com a proposta de trabalho de dotar o TCU da capacidade de utilizar dados geográficos para avaliar, de forma tempestiva, eficiente, contínua e preditiva a boa e regular aplicação de recursos públicos. O total de participantes deve ficar entre 5 a 10 pessoas.

Pré-requisito:

Pessoas que estejam envolvidas direta ou indiretamente no projeto autorizado pela Portaria-CCG Nº13, de 31 de março de 2015, cujo objetivo é dotar o TCU da capacidade de utilizar dados geográficos para avaliar, de forma tempestiva, eficiente, contínua e preditiva a boa e regular aplicação de recursos públicos, por intermédio da ponderação de fatores geográficos (econômicos, geológicos, hidrográficos, minerais, ambientais, populacionais, etc.) que afetam o custo, o prazo, a relevância e a utilidade dos produtos da aplicação desses recursos.

Objetivo Geral:

A ação educacional tem o objetivo de apresentar aos auditores do Tribunal de Contas da União o Modelo desenvolvido para a Otimização e integração do processo de Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) de corredores de transporte, bem como interagir com os mesmos para a adequação do modelo ao estudo de caso para Concessão Ferroviária do PMI.

Após o curso, o conhecimento adquirido será utilizado no trabalho por especialista sênior autorizado pela Portaria-CCG Nº13, de 31 de março de 2015, cujo objetivo é dotar o TCU da capacidade de utilizar dados geográficos para avaliar, de forma tempestiva, eficiente, contínua e preditiva a boa e regular aplicação de recursos públicos, por intermédio da ponderação de fatores geográficos (econômicos, geológicos, hidrográficos, minerais, ambientais, populacionais, etc.) que afetam o custo, o prazo, a relevância e a utilidade dos produtos da aplicação desses recursos.

O referido treinamento será desenvolvido para uma diretriz de aproximadamente 500 quilômetros entre as localidades de Açailândia/MA e Barcarena/PA, referente a um dos segmentos anunciados no PMI de Concessões Ferroviárias do Plano de Investimentos em Logística do Governo Federal.

Conteúdo:

Explanação geral sobre Sistema de Informação geográfica e sobre o modelo implementado e aplicado na Ferrovia Norte-Sul; Levantamento das bases de dados geográficos existentes entre os pontos extremos e de passagem obrigatória do corredor; Espacialização e Pré-processamento das informações sobre: demandas de mercado, logísticas e socioeconômicas; restrições ambientais; critérios técnicos e especificações de engenharia; elaboração da arquitetura SIG para cruzamento estruturado das informações geográficas; elaboração da interface de pesos (ou matrizes pareadas) para os diferentes níveis de informação; implementação de rotinas para otimização e hierarquia do processamento dos dados em SIG; processamento e desenho dos corredores otimizados segundo diferentes cenários propostos; desenvolvimento da superfície de esforço (ou custo).