InovaTCU

  »Projetos

Comunidade prática sobre Fiscalização da Saúde

Descrição

Comunidade prática sobre Fiscalização da Saúde

A concepção de uma comunidade prática em saúde no âmbito do TCU surgiu da percepção de que o processo de comunicação interna entre as unidades que lidavam com saúde frequentemente apresentava falhas, como propostas contraditórias, desconhecimento de trabalhos concluídos ou em andamento e sobreposição de ações. Falhas desse tipo representam risco de prejuízos à imagem do Tribunal, à racionalidade no uso dos recursos humanos e financeiros e à efetividade das ações.

A existência de fluxo de comunicação entre os diversos interessados permitirá um maior intercâmbio de informações sobre a fiscalização da saúde e contribuirá para desenvolver o conhecimento especializado, pelo compartilhamento de aprendizagens apoiadas na reflexão sobre experiências práticas, de modo a aprimorar o processo de especialização do TCU na área de saúde.

Discussões e troca de informações beneficiam todos os envolvidos e qualificam a fiscalização de um modo geral. Essa compreensão trouxe a ideia de ampliar o alcance da comunidade prática originalmente idealizada, de modo a expandi-la para além do TCU, para compartilhar e enriquecer os debates sobre fiscalização da saúde também com outros órgãos que tem a fiscalização da saúde pública como objeto de trabalho.



Contexto

O projeto dá continuidade ao estudo intitulado “Comunidade Prática sobre Fiscalização da Saúde”, também desenvolvido no âmbito da SecexSaúde. 


Objetivos

O objetivo geral do trabalho é implementar a Rede de Informações em Saúde para o Controle (RISC), como decorrência dos estudos realizados por meio do projeto Comunidade Prática em Saúde, de modo a estruturar o intercâmbio de informações e o aperfeiçoamento do processo de especialização da SecexSaúde.

Como objetivos específicos, podem ser citados:

a) implementar a Rede de Informações em Saúde para o Controle (RISC), interligando os stakeholders envolvidos com atividades de controle das políticas públicas de saúde (Secex Regionais do TCU, Tribunais de Contas dos Estados e dos Municípios, Controladoria-Geral da União, Ministério Público Federal e Departamento Nacional de Auditoria do SUS);

b) melhorar a interlocução com as Secex Regionais do TCU;

c) melhorar a capacidade de obter informações sobre a área da saúde, com a definição dos instrumentos e ferramentas que permitam análises para futuros planos de fiscalização;

d) melhorar a prospecção de cursos e eventos externos (nacionais e internacionais) em saúde;

e) criar uma estratégia de sistematização do conhecimento das fiscalizações e trabalhos iniciados nas Secex nos estados, com a definição dos instrumentos e ferramentas necessários;

f) definir o conteúdo e os padrões de atualização do Portal da SecexSaúde, da WikiSaúde e da Comunidade Saúde;

g) melhorar a interlocução com os Tribunais de Contas dos Estados e Municípios.

 

Este projeto apresenta vinculação com o Plano Estratégico do TCU, na medida em que objetiva:

a) aprimorar a gestão do conhecimento

b) promover integração e sinergia no Tribunal

c) intensificar o intercâmbio nacional e internacional para compartilhamento de melhores práticas para o controle

d) aperfeiçoar a comunicação do TCU com as partes interessadas



Resultados

Pprojeto em andamento


Período

Início: 01/04/2015

Fim: 30/09/2015

Unidades

  • ISC
  • SecexSaude

Pessoas

  • RODRIGO SCHAFHAUSER

Documentos