Prezado usuário, este portal não é compatível com o navegador Internet Explorer ou outros navegadores antigos.

Recomenda-se o uso de versões atualizadas dos navegadores Google Chrome, Microsoft Edge ou Mozilla Firefox.

O Relatório Integrado como novo paradigma da prestação de contas governamental: análise dos elementos e conteúdo do Relatório de Gestão do Ministério da Fazenda à luz da estrutura conceitual.

v2n5_coletanea_pos_denilson cornelio rosa.png

Trabalhos acadêmicos

Autor:
Rosa, Denilson Cornelio
Data:
01/01/19
Áreas temáticas:
Institucional Institucional
Palavras-chave:
Coletânea acadêmica Prestação de contas Auditoria do setor público
Unidades técnicas:
ISC

O estudo objetiva analisar de que forma o Ministério da Fazenda (MF) atendeu aos elementos de conteúdo da estrutura conceitual do Relato Integrado, em sua prestação de contas referentes ao ano de 2017, para identificar a maturidade conceitual, bem como discutir as vantagens e desvantagens da adoção desse modelo no âmbito público. A pesquisa se classifica, quanto aos objetivos, como descritiva e, quanto aos procedimentos, como bibliográfica e documental. O objeto principal é o Relatório Integrado (RI) do MF, relativo à sua prestação de contas do exercício de 2017. O estudo busca identificar os elementos de conteúdo, a transparência e a integração das informações como preconizados pelo International Integrated Reporting Council (IIRC) para o modelo de Relato Integrado. Os achados indicam que a adoção do modelo de Relato Integrado como formato de transmissão da prestação de contas dos gestores governamentais pode gerar uma importante contribuição ao aperfeiçoamento da Administração Pública ao colaborar com o estabelecimento de metas e melhoria da aferição de desempenho, produzindo efeitos na transparência e na divulgação de informações sobre os impactos da gestão do ente público, sejam positivos ou negativos, sobre o meio ambiente, a sociedade e a economia, ajudando esse a compreender e gerir melhor os efeitos do desenvolvimento de suas atividades e estratégias administrativas, bem como, a compreender os impactos dessa gestão para a sociedade.