Imprensa

Centro Cultural TCU apresenta “Diego e Frida – Um sorriso no meio do caminho"

A inauguração da mostra reuniu diversas pessoas interessadas pela vida de um dos casais mais polêmicos da história da arte. A exposição fotográfica, em cartaz no Centro Cultural TCU até o dia 29 de junho, traz registros da infância e do período estudantil dos dois artistas, da luta sindical, das relações e vidas no México e nos Estados Unidos. Assista ao vídeo da abertura
Por Secom TCU
13/05/2019

A inauguração da exposição “Diego e Frida – Um sorriso no meio do caminho” reuniu diversas pessoas interessadas pela vida de um dos casais mais polêmicos da história da arte. O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Walton Alencar Rodrigues participou da abertura, junto com o encarregado de negócios da embaixada do México, ministro Antônio Cruz Díaz, e do diretor em substituição do Instituto Serzedelo Corrêa (ISC), André Anderson.

A mostra fotográfica, em cartaz no Centro Cultural TCU até 29 de junho, tem a curadoria de Karina Santiago e traz registros da infância e do período estudantil dos dois artistas, da luta sindical, das relações e vidas no México e nos Estados Unidos.

O ministro Walton Alencar Rodrigues representou o presidente do Tribunal, ministro José Mucio Monteiro, e enalteceu a história dos artistas e o orgulho do TCU em exibir a mostra. “O Centro Cultural TCU orgulha-se em receber esta interessante exposição, mostra fotográfica, que permite a apreciação do brilhante casal, não por suas conhecidas obras, mas por imagens do seu convívio, do seu crescimento como artistas, de sua vida privada, de seus amigos e de tudo o que lhes era caro.”

O ministro Antônio Cruz Díaz, que também discursou no evento, destacou as personalidades marcantes do casal, os dois casamentos e suas impressionantes trajetórias de vida. “Apesar dos desencontros e das separações, ambos aprenderam a se amar e a conservar a relação. No início, suas ligações partidárias e o amor pela arte os aproximaram.”

O diretor em substituição do ISC, André Anderson, ressaltou o valor do papel do instituto em capacitar gestores públicos, e do Centro Cultural TCU, “que apresenta não só a importância do controle, mas da inovação e cultura para a nossa sociedade”. Em seguida, a curadora Karina Santiago fez uma visita guiada apresentando as fotografias em exposição. 

Frida e Diego - A história do casal se confunde com a da própria humanidade, pela qual passaram Picasso, Lenin, Trotsky, Xavier Guerrero, Duchamp, Kandinsky, David Alfaro Siqueiros, André Breton, Pablo Neruda e José Clemente. Frida foi a primeira artista mexicana a expor no Louvre, e foi Diego quem levou ao coração do capitalismo a arte que retratava o proletariado.

A exposição, uma parceria do TCU com a embaixada do México, já passou pelos Estados de Pernambuco, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Salvador.

Veja no vídeo um pouco do que aconteceu na abertura.

Visitação:

1º de maio a 29 de junho

Segunda a Sexta: 9h às 19h

Local:

ISC - Instituto Serzedello Corrêa

Centro Cultural TCU

Acompanhe o TCU pelo Twitter e pelo Facebook. Para reclamações sobre uso irregular de recursos públicos federais, entre em contato com a Ouvidoria do TCU, clique aqui ou ligue para 0800-6441500