Prezado usuário, este portal não é compatível com o navegador Internet Explorer ou outros navegadores antigos.

Recomenda-se o uso de versões atualizadas dos navegadores Google Chrome, Microsoft Edge ou Mozilla Firefox.

Imprensa

TCU pede esclarecimentos ao MS sobre medidas para impedir a disseminação de nova variante de Covid-19

O Ministério da Saúde tem sete dias para enviar as informações ao Tribunal
Por Secom TCU
05/02/2021

O ministro Benjamin Zymler autorizou, nesta quarta-feira (3/2), o envio de ofício ao Ministério da Saúde solicitando informações em decorrência da identificação de novas variantes da linhagem Sars-CoV-2 no Amazonas e em outros países, que podem apresentar vantagem seletiva para a transmissibilidade viral. De acordo com o documento, o Ministério tem sete dias para esclarecer os seguintes pontos:

“a) ações e iniciativas relativas à adoção de protocolos de identificação, acompanhamento, mapeamento e rastreamento de novas cepas variantes da linhagem do Sars-CoV-2, em parceria com instituições de pesquisa;

b) ações e iniciativas relativas à elaboração de programa de testagem para identificar a disseminação de novas variantes da linhagem do Sars-CoV-2 pelo país;

c) entendimento do Ministério da Saúde sobre a necessidade de definir orientações específicas para o manejo de pacientes transferidos do Amazonas para outros estados, com a finalidade de impedir a disseminação das novas variantes da linhagem Sars-CoV-2 no país;

d) entendimento do Ministério da Saúde sobre a necessidade de comunicar a população em relação à identificação de variantes da linhagem do Sars-CoV-2 e à orientação quanto às condutas a serem seguidas para impedir a transmissão do vírus;

e) eventuais ações e iniciativas destinadas a impedir a entrada e a disseminação de novas variantes da linhagem Sars-CoV-2 pelo país;

f) eventuais ações e iniciativas em portos e aeroportos destinadas a impedir a entrada e a disseminação de novas variantes da linhagem Sars-CoV-2 pelo país;

g) ações em andamento para elaboração de plano de gestão de riscos ou de contingência para o caso de as vacinas adquiridas não serem efetivas contra as novas cepas identificadas;

h) ações em andamento para garantir a aquisição de vacinas que ofereçam proteção contra as novas variantes da linhagem Sars-CoV-2 recentemente identificadas.”
 

Serviço

Secom

Atendimento ao cidadão - e-mail: ouvidoria@tcu.gov.br

Atendimento à imprensa - e-mail: imprensa@tcu.gov.br

 

Acompanhe o TCU pelo Twitter e pelo Facebook. Para reclamações sobre uso irregular de recursos públicos federais, entre em contato com a Ouvidoria do TCU, clique aqui ou ligue para 0800-6441500