Prezado usuário, este portal não é compatível com o navegador Internet Explorer ou outros navegadores antigos.

Recomenda-se o uso de versões atualizadas dos navegadores Google Chrome, Microsoft Edge ou Mozilla Firefox.

Imprensa

TCU nega pedido de solução consensual da Petrobras

O ministro do TCU Benjamin Zymler afirmou que o pedido de solução consensual da estatal com a empresa Unigel deve ser solicitado pelo Ministério de Minas e Energia
Por Secom TCU
15/05/2024

O Tribunal de Contas da União (TCU) rejeitou, nesta quarta-feira (15/5), pedido de solução consensual feito pela Petrobras no processo que investiga o contrato da estatal com a empresa produtora de fertilizantes Unigel. De acordo com o despacho do ministro Benjamin Zymler, a Petrobras deve buscar que a solicitação seja emitida pelo ministério supervisor da empresa, o Ministério de Minas e Energia.

Zymler também destaca em seu despacho que a nova gestão da estatal pode “reavaliar a conveniência e a oportunidade do pedido de solução consensual em relação ao caso em apreciação”. A auditoria que avalia o contrato da Petrobrás com a Unigel segue em curso no TCU.

Acompanhe o TCU pelo Twitter e pelo Facebook. Para reclamações sobre uso irregular de recursos públicos federais, entre em contato com a Ouvidoria do TCU, clique aqui ou ligue para 0800-6442300