Imprensa

Noticias da Voz do Brasil

Lentidão em investimentos na Zona Franca de Manaus

Auditoria realizada pelo TCU identificou lentidão na análise feita pela Superintendência da Zona Franca de Manaus do cumprimento das obrigações relativas aos investimentos em pesquisa e desenvolvimento decorrentes dos incentivos fiscais concedidos a produtores de bens de informática na Zona Franca. O volume de recursos fiscalizados é de três bilhões e cem milhões de reais e há um risco potencial de que as empresas beneficiadas não façam jus aos incentivos concedidos. O processo foi relatado pelo ministro Augusto Sherman e apreciado na sessão plenária de doze de dezembro do ano passado. Os benefícios são condicionados à aplicação de, no mínimo, cinco por cento do faturamento bruto das empresas em atividades de pesquisa e desenvolvimento.

Voz do Brasil publicado em 11/01/19 15:42.